| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Jornal AZUL MARINHO
Desde: 03/03/2019      Publicadas: 11      Atualização: 17/03/2019

Capa |  Arte com Sara Belz  |  Atualidades  |  História  |  Literatura - Regina Nascimento  |  Memórias  |  Notícias  |  Pesquisas com Percival Rangel  |  Poesias com Marisa Di Giaimo


 História

  11/03/2019
  0 comentário(s)


Franceses em Caraguatatuba na primeira década do sec.XX

Um Tributo a minha Tetravó
Marie Juliette Stephanopoli de Comnène!

Franceses em Caraguatatuba na primeira década do sec.XX

Franceses em Caraguatatuba na primeira década do sec.XX .

*Um Tributo a minha Tetravó 
Marie Juliette Stephanopoli de Comnène!

A vinda de Franceses à Caraguatatuba iniciou-se em meados de 1914/1915 com o projeto do industrial francês Godofredo de Turck, que conseguiu uma parceria através de um convênio comercial entre a França e Brasil.

A empresa particular francesa “Société Française pour I'Exploitation et le Commerce des Bois Exotiques” adquiriu terras da então empresa estatal italiana Madeiras J. Charvolin cuja atividade resumia-se na extração e posterior exportação de madeiras nobres para o mercado europeu.

Em meados da década de 1920, segundo Marino Garrido, as terras foram vendidas para a empresa inglesa “The Lancashire General Investment Company”, com sede em Londres (GARRIDO, Marino, Fazenda dos Ingleses, 1988, ).

Nas dependências das Empresas Italiana, Francesa e Inglesa que se instalaram no lugar onde se encontra hoje o “Grupo Penido – Fazenda Serramar” em Caraguatatuba, Estado de São Paulo, nasceram muitos Caiçaras, verdadeiros heróis de nossa história e tradição .

Dentre as famílias francesas com prole caiçara destacam-se os Comnène, os Hanciau, os Giraud, os Debreix e os Vigneron .

__/__

 
  Autor:   Jornalista Alexander Comnène Palaiologos.-MTB 74.444/SP





Capa |  Arte com Sara Belz  |  Atualidades  |  História  |  Literatura - Regina Nascimento  |  Memórias  |  Notícias  |  Pesquisas com Percival Rangel  |  Poesias com Marisa Di Giaimo
Busca em

  
11 Notícias